segunda-feira, 6 de junho de 2016

101.

Há pessoas que chegam à nossa vida para nos ensinar a ser melhores, para serem melhores connosco... Fazem-se sentir em pequenos gestos e em poucas mas boas palavras. Estas pessoas nem sempre ficam "para sempre" por perto, mas ficam em nós enquanto vivermos.
Depois há pessoas que chegam à nossa vida com uma pele de cordeiro - que vestem por tempo indeterminado - mas que acabam por dar lugar à sua verdadeira pele: a de lobo mau. Estas pessoas escolhem, invariavelmente, o pior caminho para chegar até nós, e em vez de nos tornarem pessoas melhores, tornam-nos pessoas mais fortes. Porque temos que o ser, porque volta e meia precisamos de uma força sobre humana e de um auto controlo gigante para não lhes partir a tromba em bocados.

E se os bons não ficam para sempre, os maus também não hão-de ficar! 

3 comentários:

C. disse...

Amen!!!! Bem que precisava de ler isto!
Beijinhos,
O meu reino da noite ~ facebook ~ Bloglovin'

lápis roído disse...

Gosto disto. Faz sentido e, mais importante que isso, é verdade como é verdade que os rios correm para o mar.
Olho vivo e pé ligeiro com os maus, estimar os bons. Resume-se tudo a isto

Joana disse...

É um clichet mas é verdade: estamos sempre a aprender com quem nos rodeia!